O que é meio ambiente?

Tempo de leitura: 8 minutos

A pergunta "o que é meio ambiente?" pode parecer simples ou clichê demais, mas o conceito de meio ambiente é muito amplo e importante para o desenvolvimento de um trabalho de gestão adequado. Existem inúmeras definições para “meio ambiente” e não se pode dizer qual é a certa ou a errada. Na verdade, sendo todas elas corretas, temos que escolher qual a mais adequada para cada situação (importante não confundir “adequada” com “conveniente”).

Neste artigo nós vamos apresentar diversas respostas à pergunta "O que é meio ambiente?" e vamos mostrar a você que a resposta é bem mais complexa do que se imagina.

SÓ PRA PROVOCAR...

dictionary-word-environment
Meio, ambiente, ou meio ambiente? (fonte: https://mygreenquest.files.wordpress.com/2011/02/dictionary-word-environment.jpg)

Apenas para provocar um pouco de discussão, podemos começar pela própria formação do termo, uma combinação dos termos “meio” e “ambiente”. Afinal, qual a diferença entre "meio ambiente" e "ambiente"?

Conheço várias pessoas que compartilham da mesma visão, de que há redundância no termo “meio ambiente”, uma vez que “meio” e “ambiente” são sinônimos. Não é à toa que em outras línguas, a tradução de “meio ambiente” é análoga à de “ambiente” ou à de “meio” (por exemplo, environment, do inglês e milieu, do francês), certo?

Mas aqui devemos nos focar nos conceitos de meio ambiente. Vamos analisar alguns?

O QUE É MEIO AMBIENTE?

Dentre os vários conceitos de meio ambiente existentes, apresentaremos 5 diferentes, obtidos nas seguintes fontes:

  • Política Nacional do Meio Ambiente (Lei 6.938/81);
  • Robert Erick Ricklefs, no livro “A Economia da Natureza”;
  • ISO 14.001/04
  • José Carlos Barbieri, no livro “Gestão Ambiental Empresarial: Conceitos, Modelos e Instrumentos”
  • Conceito Geral (autor desconhecido)

Vamos analisar cada um quanto à sua aplicação.

O que é meio ambiente para a Política Nacional do Meio Ambiente?

conjunto de condições, leis, influências e interações de ordem física, química e biológica, que permite, abriga e rege a vida em todas as suas formas.

Foco vida meio ambiente
O que é meio ambiente? O conceito depende do foco.

O conceito de meio ambiente apresentado pela PNMA é bem amplo. Pela citação de “interações”, pode-se pensar nas alterações provocadas pelo ser humano, mas isto não é intuitivo. O fato é que este conceito é focado na vida, como não poderia deixar de ser, afinal, o objetivo desta lei é “a preservação, melhoria e recuperação da qualidade ambiental propícia à vida”. Então, é natural que o texto legal apresente um motivo óbvio e altruísta para a preservação do meio ambiente. Assim sendo, se uma empresa, por exemplo, provocar algum tipo de impacto negativo, ele será considerado legalmente como um “atentado à vida”, e a empresa sofrerá as punições cabíveis.

O que é meio ambiente para Robert Erick Ricklefs?

Os arredores de um organismo, incluindo as plantas, os animais, e os micróbios com os quais interage.

Meio ambiente - ConceitosComo ecologista, Ricklefs fornece um conceito que centraliza o “organismo”. De acordo com o próprio Ricklefs, a “Ecologia é a ciência que estuda como os organismos interagem entre si e com o mundo natural”. Note que ele acaba excluindo o organismo do próprio meio em que é inserido quando cita os “arredores”, ou seja, tudo o que o cerca, mas não ele mesmo. Porém, é um conceito extremamente pertinente ao meio científico, uma vez que se foca no organismo e nas interações ecológicas entre ele e o mundo natural.

Então, por exemplo, ao estudar uma espécie de planta, é importante conhecer as suas interações (os efeitos da temperatura em seu metabolismo; como é realizada a dispersão de suas sementes; quais seus predadores…) e como ela reage frente a estas interações. É claro que, se uma empresa polui seu habitat, isto é importante, mas do ponto de vista da interação da planta com aquele poluente, não das causas da poluição.

Agora, preste atenção no próximo conceito...

O que é meio ambiente para a ISO 14.001/04?

Circunvizinhança em que uma organização opera, incluindo-se ar, água, solo, recursos naturais, flora, fauna, seres humanos e suas inter-relações.

A Norma ISO 14.001 fornece orientações técnicas para apoiar organizações a gerenciar questões ambientais. Note a semelhança com o conceito anterior. Porém, focando-se agora na organização, pois esta deve conhecer os aspectos ambientais com os quais interage, evitando os impactos ambientais.

Por exemplo, uma organização lança efluentes que, em certos parâmetros, podem afetar o desenvolvimento de algumas plantas. Para a organização não importa como é a interação deste poluente com a planta. Ela apenas precisa evitar que esta interação ocorra. Logo, para a ISO 14.001/04, as relações entre organismos não são diretamente relevantes para a organização (a não ser que a ela pretenda realizar estudos detalhados para alterar a composição do efluente, de forma que seu lançamento não afete a planta), mas sim os efeitos de suas atividades na circunvizinhança.

Veja que uma mudança de foco altera todo o sentido do conceito.

O que é meio ambiente para José Carlos Barbieri?

José Carlos Barbieri é Doutor em Administração e desenvolve pesquisas nas áreas de gestão ambiental e inovação. Ele apresenta um conceito denso, onde o meio ambiente é subdividido em 3 ambientes, sendo dois artificiais e um natural.

(1) O [meio ambiente] fabricado ou desenvolvido pelos humanos constituído pelas cidades, parques industriais e corredores de transporte como rodovias, ferrovias e portos; (2) o [meio] ambiente domesticado, que envolve áreas agrícolas, florestas plantadas, açude, lagos artificiais etc. e (3) o ambiente natural, por exemplo as matas virgens e outras regiões autossustentadas, pois são acionadas apenas pela luz solar e outras forças da natureza, como precipitação, ventos fluxo de água etc. e não dependem de qualquer fluxo de energia controlado pelos humanos, como nos outros dois ambientes.

meio ambiente - Barbieri
Meios natural, domesticado e fabricado. Conceito Segundo Barbieri.

O conceito é focado em estruturas físicas e a economia a elas ligada (parques industriais, áreas agrícolas, etc). O conceito de preservação fica um tanto quanto perdido quando confrontado com este conceito de meio ambiente, pois a “preservação do meio ambiente” incluiria a “preservação de parques industriais e aeroportos”, já que estes o compõem. Isto pode ser dúbio, uma vez que a própria construção já provoca impactos ambientais. Mas é um conceito magnífico em termos administrativos, uma vez que esta divisão facilita a gestão “em partes” (ações para cuidar do meio fabricado são bem diferentes das ações para cuidar do meio natural).

O que é meio ambiente? CONCEITO GERAL.

Meio ambiente é tudo que me rodeia, incluindo eu mesmo.

meio ambiente eu
O "EU" como foco no meio ambiente, como parte deste.

Como não me lembro de ter lido este conceito em nenhum lugar, e também não encontrei em buscas na internet, acabei atribuindo a um autor desconhecido. Apesar de achar que eu que criei, não tenho a pretensão (e também não mudaria minha vida) de me auto intitular autor de tal conceito, principalmente em tempos onde a internet promove a difusão de conhecimento em uma velocidade tão absurda.

Na verdade, não se trata de um “conceito” propriamente dito. É apenas uma simplificação do termo que se aplica muito bem ao que me proponho a fazer: educação ambiental.

Normalmente as definições tendem a focar em um elemento de interesse. Esta definição foca sutilmente no “eu” (ser humano). Quando você se insere no conceito, é mais fácil de perceber seu papel na preservação.

A conservação do meio ambiente é bem vista pela sociedade como um todo, mas a própria sociedade tem muita dificuldade em executar ações neste sentido. Os moradores de um condomínio se incomodam com o cheiro do lixão vizinho, mas não realizam a coleta seletiva proposta pelo síndico; a dona de casa se incomoda com a baixa qualidade da água, mas joga óleo de cozinha diretamente na pia; uma empresa de pescados precisa de peixes sadios, mas lança seus efluentes sem tratamento no mar.

Quando você mostra às pessoas este tipo de ação, e as coloca como protagonistas na preservação, elas percebem que não podem fazer errado e tendem a dar mais importância ao assunto.

CONCLUSÃO

O conceito de meio ambiente deve ser escolhido de acordo com o público-alvo.

Não seria muito eficaz tentar educar uma comunidade ribeirinha utilizando o conceito da ISO 14.001, pois o mesmo é muito complexo e restrito a empresas. Da mesma maneira, se pretendemos convencer uma organização a cuidar do meio ambiente, não podemos simplesmente mostrar os “ganhos” ambientais, pois toda organização trabalha visando lucros econômicos. A estratégia é demonstrar que a preservação do meio ambiente pela organização trará retorno financeiro, boa imagem frente à sociedade, prevenção de futuras multas, etc.

É interessante, então, conhecer os diferentes conceitos de meio ambiente, pois as diferentes visões ampliam as possibilidades de elaboração de estratégias para o árduo processo de educação ambiental.

Por isso, nunca deixe de estudar. O aprendizado deve ser constante!

E para você? O que é meio ambiente?

4 Comentários


  1. Muito bom! de fato o conceito é bastante adaptável de acordo com o objetivo!

    Responder

  2. Muito boa a definição. Sou Educadora Ambiental e ministro cursos em empresas, escolas, parques e outras instituições e concordo quando você diz que o conceito de meio ambiente se aplica de acordo com o público alvo.

    Responder

    1. Olá Sirlene. Que bom que concorda. Esta visão torna a conscientização muito mais eficaz, facilitando nosso trabalho.

      Muito obrigado pelo feedback!

      Responder

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *