OHSAS ou OSHA: Qual a diferença?

Tempo de leitura: 2 minutos

OHSAS x OSHAQual a diferença entre OHSAS e OSHA?

Quem estuda segurança do trabalho já deve ter ouvido falar nessas duas siglas e se perguntar: o que elas significam? Será uma a sigla em inglês e a outra em português de alguma entidade?

Bem, eu tive essa mesma dúvida quando fui fazer meu trabalho de conclusão de curso da especialização de Engenharia de Segurança do Trabalho, o professor falou para aplicar a OHSAS numa usina de açúcar e álcool, mas eu estava no final do curso e não me lembrava dessa sigla, afinal, foram tantas: PPRA, PCMSO, CIPA, PPP... uma OHSAS poderia ter passado desapercebido. Então pesquisas depois... descobri!

A sigla OHSAS significa Occupational Health and Safety Assessment Services, que traduzindo para o português, significa Serviços de Avaliação de Segurança e Saúde Ocupacional. Ela é uma série de normas da família OHSAS 18000, criada pela BSI (BSI – British Standards Institution, ou Instituto Britânico de Padrões), na qual a OHSAS 18001 trata da especificação do sistema de gestão para segurança e saúde ocupacional, e a OHSAS 18002 traz as diretrizes para a implantação da primeira. Como se trata de uma norma técnica de um órgão particular, a OHSAS 18001 não se trata de um requisito legal.

O surgimento da OHSAS ocorreu devido à crescente demanda das empresas em busca de padrões com que pudessem comparar seus processos de segurança e saúde ocupacional para avaliação e certificação. A norma foi desenvolvida para ser compatível com a norma de qualidade ISO 9001 e a norma de gestão ambiental ISO 14001, de modo a facilitar a integração da qualidade, meio ambiente e segurança e saúde ocupacional.

Já a sigla OSHA significa Occupational Safety & Health Administration que, traduzindo, seria Administração de Saúde e Segurança Ocupacional. Ela é uma agência dentro do ministério do trabalho dos Estados Unidos, criada pelo congresso dos Estados Unidos após a publicação do Occupational Safety and Health Act of 1970 (Ato de Segurança e Saúde Ocupacional de 1970), e ficou responsável por assegurar condições seguras e saudáveis para trabalhadores por meio de definições e aplicação de padrões e fornecendo treinamento, divulgação, educação e assistência.

Legal, não é mesmo?

Se você achou útil essa informação, compartilhe esse conteúdo com seus colegas.

Deixe também  seu comentário logo abaixo. Pode ser uma dúvida, uma sugestão ou até mesmo uma crítica. Sua participação é importante para nós.

Escrito por:

Eduardo Jorge Lima - Eng° Segurança do Trabalho

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *